segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Rio de todos os meses

Cidade encantada
Da boêmia à intelectualidade,
Zona Sul, Subúrbio e Baixada
De amor e de saudade.

Dos dias de praia
Das noites de luau
Loiras, Morenas e Mulatas
Nos fazem passar mal

Somos um povo de atitude,
Regado ao carnaval.
Disse o poetinha, com elegância e lascividade,
Amamos o Rio amiúde

Cidade cantada
O samba é quem quis.
Cidade falada
É Machado de Assis.

PS: Texto referente ao domingo dia treze (13) de fevereiro de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário